Descubra como funciona o tratamento que injeta sangue no rosto para rejuvenescer.

Você já ouviu falar sobre o tratamento de rejuvenescimento facial que injeta o próprio sangue? Ainda não? Então acompanhe o nosso post sobre o Plasma Rico em Plaquetas (PRP), pois esta é a novidade do momento no que diz respeito em avanço tecnológico que promete retardar o envelhecimento.

PRP: o que é e como funciona?

O Plasma Rico em Plaquetas (PRP) é utilizado há cerca de 20 anos com o objetivo de acelerar a cicatrização e a regeneração óssea resultantes de procedimentos cirúrgicos. O plasma é obtido através da centrifugação do sangue e resulta em uma alta concentração de plaquetas em um reduzido volume plasmático.

E quando o assunto é rejuvenescimento, a palavra mágica é colágeno. É pela falta dessa proteína que a pele dá sinal de fragilidade, ressecado, enrugado e sulcado.

Começamos a perder esta proteína a partir dos 25 anos e, a cada ano, a tendência é só acentuar. Além disso, alguns hábitos e fatores aceleram o envelhecimento. Os principais são: tomar sol sem proteção, o consumo excessivo de açúcar e álcool, o fumo e a queda hormonal.

Após a coleta, feita por um profissional habilitado, é realizada a centrifugação do sangue para, assim, se obter a o plasma. Esse processo deve ser rápido e a substância não pode ser armazenada.

Na fase líquida, a substância é usada em microagulhamento, conhecidos por muito como Derma Roller, ou por meio de pequenas injeções, que são aplicadas pelo rosto. O resultado é uma pele viçosa, mais hidratada e mais atraente. Saiba mais sobre o tratamento de microagulhamento, que pode ser combinado com o PRP e trazer excelentes resultados.

prp-plasma-rico-plaquetas-e-microagulhamento

Há riscos e restrições para o tratamento de PRP?

Não há restrições para o tratamento de PRP, já que esse é um tratamento autólogo, o que oferece riscos mínimos de rejeição. Essa terapia não é considerada transfusional porque apenas são utilizados os agregados sanguíneos que interessa.

O procedimento é dolorido? E o pós-procedimento?

O procedimento é praticamente indolor e pode acontecer com o uso de anestésicos  tópicos. As recomendações pós-procedimento seguem as mesmas do processo de microagulhamento, que são:

  • Não utilizar protetor solar e maquiagem por pelo menos 24hs;
  • Não se expor ao sol durante o processo inflamatório (três a cinco dias após);
  • Evitar contato com animais e mãos sujas na região tratada, prevenindo assim o risco de contaminação por 24 horas;
  • Utilizar produtos com autorização do profissional que realizou o tratamento, para melhores resultados.

As aplicações podem ser necessárias uma vez por mês, durante quatro meses. Vale lembrar que cada caso clínico é individualizado.

E quais são os benefícios do tratamento com PRP?

Os benefícios deste tratamento são inúmeros. Ele oferece uma melhor resposta tecidual frente ao estimulo dos fatores de crescimento que ali foram injetados, melhorando a microcirculação sanguínea local e a formação de colágeno. De brinde, ganha-se o aspecto de uma pele mais viçosa e hidratada, com a redução de linha de expressão e, ate mesmo, uma melhor sustentação, já que o tecido regenera e repara os tecidos da face.

Quer saber mais sobre este procedimento super inovador? Entre em contato pelo telefone: (51) 3015.9995 / 3061.9995 ou pelo WhatsApp: (51) 99722.9995 e agende uma avaliação gratuita. Aproveite também para navegar no nosso site e conhecer todos os tratamentos faciais e corporais oferecidos pela Zavion para cuidar de você e da sua beleza.